Use a Ancient Sword

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

sotc terra de confusões:ceifador cinza 15

(Templo de Barba-Mente de Icon)

O ceifador estava sentado no começo das escadas que levavam ao interior do templo,um pensamento incomodava seu cérebro.

D.Yuri:Será que toda essa coisa de fruta...tem alguma coisa haver com a realidade...?

Um som longo e vergonhoso pôde ser ouvido a vários metros de distância.

D.Yuri:Ainda bem que não tem ninguém aqui...

(Clareira de Cenobia-C1)

Denise estava encostada em uma pedra,tinha pensado numa música nos últimos minutos para passar o tempo e finalmente havia terminado.Respirou profundamente várias vezes e então começou a cantar num ritmo constante:

Denise:Bem distante nas grandes terras proibidas,
de cavernas profundas até altas montanhas.
Cavalgamos nesta jornada incrível,
Tanto juntos quanto separados...

Os membros de aço fizeram grandes aventuras
e lâminas afiadas giraram como poderosos furacões
Naquela batalha onde sombras foram libertadas,
A luz brilhou com a sombra.

A dama justa e a tirana das sombras,
são uma só... ligadas na alma.
Elas vivem juntas e nos dão conselhos,
em nossas vidas e jornadas perigosas.

Com um artefato sagrado sua jornada começou,
num lugar onde a luz não pode chegar.
Mistérios aguardam em sua viagem
e a vida aguarda seu retorno.

Bem distante nestas terras distantes e quentes,
de desertos extensos a lagos profundos.
Nos aventuramos juntos neste dia sem fim,
unidos pela amizade.

Sombras profanas não entram mais no templo,
pois o guardião as observa atento.
A garota protege os guerreiros de aço,
um acordo mútuo antigo.

Os gigantes rugiam nas colinas,
os espíritos murmuravam em seus túmulos.
A morte era negra e barulhenta,
a garota branca e silenciosa.

A guitarra rugia nas cavernas,
e a ocarina cantava ventos serenos.
O som harmonioso se espalhava pelo céus,
chamavam os espíritos ao redor.

Separados e juntos até o fim,
os guerreiros de aço para sempre intrigados,
com esta relação cíclica maravilhosa.

???:Bela...voz...-uma voz rouca porém familiar se manifestou.

Denise olhou para o lado,ela viu o que parecia ser uma réplica de si mesma de pé ao seu lado,só que anormalmente diferente e tenebrosa.Tinha no lugar de um dos olhos o que parecia ser costura(Desses que os médicos fazem),parte da boca também costurada,o vestido tinha vestígios de sangue em algumas partes e um hematoma vermelho na bochecha,mas apesar disso tudo ela não parecia surpresa.

Denise:Olá,como vai "D"?-ela perguntou educadamente mostrando o chão a seu lado.

"D":Não...muito legal...esses fios são...oxidantes...e machucam um pouco...-ela sorriu,fazendo os pontos esticarem.

Denise:Não se preocupe,quando o Danilo voltar ele troca pra você.

"D":Ele não pode...trocar...agora?-o sorriso se alargou.

Denise:Pode-se dizer que ele está ocupado em um caso urgente,mas não se preocupe.Se quiser depois posso lavar seu vestido.

"D":Obrigada...mas...ele podia ter feito tudo isso...quando me criou...

Denise:Ele me contou que era a única opção e que não havia tempo,ele deu e salvou sua vida.Você deveria estar agradecida...

Duas semanas atrás D.Yuri começou mais um de seus ``pequenos projetos´´ no seu tempo livre,um deles era fazer uma pintura de alguém só que de forma mais assustadora.Depois de alguns aperfeiçoamentos tentou com a imagem de Denise e sentiu-se satisfeito,conjurou uma sombra que ainda tinha alguns traços pequenos de alma e humanidade e com a ajuda da Queen criou a ``réplica´´.Ironicamente a réplica era perfeita e não havia nada de diferente na aparência(para a frustração do ceifador).Porém,segundos depois pedaços dos braços,pernas e cabeça começaram a se soltar e não é agradável descrever a aparência.Na tentativa de evitar um desastre o ceifador pegou uma agulha especial de seu kit de tortura-primeiros socorros e costurou todos os buracos o mais rápido que pôde.

O modo de falar foi baseado em algumas memórias antigas de Danilo mas a personalidade era composto tanto pela maldade da Queen e um pouco de Danilo.O ceifador a batizou de ``The other Mono´´ inicialmente mas logo ela rejeitou o nome e ele trocou para ``Mono D´´,esta gostou do segundo nome e assim ficou.Dias depois "D" apareceu no Shrine of Worship para a surpresa de muitos e simpatia por parte de alguns.Surpreendentemente Denise não estava brava com o fato de D.Yuri ter criado alguém parecido com ela ou o com sua aparência.

As duas ouviram o som dos gases do ceifador vindo da árvore,olharam para o local sem expressão até que o som se dissipou.Denise foi a primeira a começar a rir,seguida de "D"

Denise:Hihihihihi...

"D":Hihihihihi...hahahaha...MWAHAHAHAHAHA!-a jovem moveu a cabeça para cima enquanto seus pontos se esticavam ao máximo.

(Interior do Templo de Barba-Mente de Icon)

D.Yuri decidiu entrar no templo,na sua frente havia uma barreira de blocos de pedras e uma pedra solta que servia para passar por cima da barreira.Uma armadura estava jogada por cima da barreira e outra estava sentada de lado na parede,o ceifador empurrou o corpo que estava em cima da barreira e o jogou no chão para em seguida atravessa-la.Quando chegou no centro do templo olhou para baixo e viu a grande ``arena´´ do colossus em ruínas.No chão havia várias crateras rasas,os pilares no meio estavam muito danificados mas o mais surpreendente era a grande criatura petrificada no chão.

D.Yuri:Então os colossus estão mortos...

Uma luz branca veio da abertura do templo e começou a cobrir lentamente todo o lugar.Quando a barreira estava bem perto o ceifador sentiu uma presença que se aproximava conforme a luz chegava  cada vez mais perto.

D.Yuri:Quem estiver controlando isso poderia ir mais rápido?Tem um oni me seguindo e não dá pra ficar esperando...

Mas a luz continuou devagar até alcançar o ceifador e cobri-lo.O templo havia voltado quase a seu estado original,apenas as barreiras estavam ausentes.Abaixo perto do primeiro pilar um facho luminoso azul e um vermelho se moviam constantemente na escuridão.Danilo sentiu a presença de quatro pessoas ao seu redor,incapazes de vê-lo e todos rostos conhecidos.

Cavaleiro Wander:Esses caras não vão parar mesmo-ele disse de braços cruzados.

Denise:Aparentemente...

ShadowMaster:Isso está ficando insuportável,talvez devêssemos ir para outro lugar

Vitor resmungou alguma coisa incompreensível,Wander,Vitor e ShadowMaster se viraram e foram na direção da saída do templo,deixando para trás Denise.O ceifador se abaixou e olhou para a mesma direção dos olhos da garota e viu de novo os dois fachos coloridos,logo ele ouviu os dois combatentes falarem pela primeira vez:

Icon:Você nunca irá me derrotar!-o facho azul ergueu-se no ar.

Darlan:Ande!Me dê tudo que tem!-o facho vermelho estava na horizontal.

Um vento forte soprou na frente do ceifador e este olhou para cima,o lugar havia voltado a seu estado de ruínas e uma figura tenebrosa flutuava a sua frente,era Denise.

D.Yuri:Mas então como você ficou assim...?-ele levantou-se do chão.

Os olhos da jovem começaram a brilhar com uma luz vermelha fraca e a visão do ceifador escureceu.Quando abriu os olhos Danilo via tudo vermelho,via a entrada do templo em que estava e por algum motivo seu corpo estava se movendo na direção da passagem mas ele não queria se mover.Então tentou colocar a mão no rosto,sentiu a pele mas em sua visão ele continuava a avançar.

D.Yuri:Que estranho...-ele ouviu sua própria voz como se estivesse bem longe.

De repente sua visão voltou ao normal e ele enxergava a arena de novo,Denise havia sumido.Do outro lado no fim do corredor o ceifador ouviu o que parecia ser passos ressoando no chão de pedra,alguém estava vindo.

D.Yuri:Maravilha...

11 comentários:

Cavaleiro Wander disse...

Fatos:Recentemente Denise fez um poema sobre o Black Bird e o formato e frases eram baseados na música ``The Misty Mountains Cold´´ do filme Hobbit.

Mono D é uma conta que o D.Yuri criou.Inicialmente ele pegou uma imagem de Wander e modificou para ficar mais feio(como se o Demon Wander já não fosse feio) e depois pegou o da Denise(resultado similar ao descrito).Ele faz comentários com essa conta do jeito que a Denise escrevia mas geralmente fala de coisas mais macabras que o normal.

No passado,Darlan e Icon ficavam escrevendo comentários como se estivessem lutando,isso deixou a maior parte dos membros zangados porque era chato de ler(e duravam MUITO tempo).Até teve a ideia de ir para outro lugar(e acho que até fomos),mas no final eles que criaram um blog para isso chamado ``Epic Battles´´.

O que D.Yuri viu era a visão de Mono.Isso foi baseado em um aspecto de um jogo de terror chamado ``Siren:Blood Curse´´,que está disponível na PSN americana.O foco do jogo é um lugar infestado com uma maldição que deixavam as pessoas violentas e quase imortais(se você empalar o coração ela continua viva e etc).Essas pessoas matam outras pessoas,que adquirem a maldição e voltam a vida.

Um dos aspectos principais do jogo é que você pode ver o que os outros personagens enxergam,os dos monstros sendo em vermelho.Portanto você pode saber se o lugar é seguro,quando pode sair ou sobre coisas importantes.

Cavaleiro Wander disse...

Votem na enquete abaixo

Henrique ири disse...

Muito bem Cesar, a "D" ficou bem fiel a original (no sentido de medonhides).
"As duas ouviram o som dos gases do ceifador vindo da árvore,olharam para o local sem expressão até que o som se dissipou"
Só me explica essa parte(posso ter entendido mal já que li os capitulos as pressas quando descobri que existia essa fic bonus).

Hexdrel disse...

Gostei mais da D da fic do que a original.
E esse capítulo também foi bem foda,estão exercitando bastante minha imaginação.

Dodô disse...

wander vc tem uma conta no you tube chamada Rodrigo09121998?

Henrique ири disse...

http://www.youtube.com/user/Rodrigo09121998?feature=watch

Nossa, que nada haver com o Cesar.

D.YURY disse...

"As duas ouviram o som dos gases do ceifador vindo da árvore"

...

D.YURY disse...

"Siren:Blood Curse,que está disponível na PSN americana."

OOOOOOWWWWWNNNNN

voce jogou? =3

Cavaleiro Wander disse...

``voce jogou? =3´´

Vi gameplay

Dante Araya disse...

Recentemente eu encontrei a Mono D vc deve ter visto

D.YURY disse...

"Vi gameplay"

=(

O que acha que aconteceu com o Icon?

Visitas ao templo