Use a Ancient Sword

sábado, 6 de outubro de 2012

sotc terra de confusões:ceifador cinza 7

(???)

D.Yuri sentiu uma dor de cabeça repentina.Ele estava deitado em um chão duro de pedra e com dificuldade levantou-se do chão.Sua visão ainda estava embaçada e distorcida e tudo parecia escuro.O ceifador colocou a mão nas costas para ver se sua foice ainda estava presa lá e felizmente a encontrou no lugar.Aos poucos sua visão clareou e ele olhou ao redor.D.Yuri estava em uma passagem estreita entre duas montanhas,o chão era feito de uma pedra escura e cheia de rachaduras,as paredes chegavam a mais de 40 metros de altura e eram tão íngremes que era impossível escalar.Era noite mas havia uma pequena claridade no céu e apesar disso era quase impossível ver mais do que 5 metros à frente.

D.Yuri:Funcionou?Será que é este uma parte do subconsciente do Icon?

O ceifador olhou para trás e depois voltou a olhar para frente,ele não via nenhuma diferença entre os dois caminhos então resolveu avançar.Por precauções pegou sua foice e a segurou com a mão esquerda enquanto caminhava,ele não sentia-se seguro naquele lugar.

(Creeping Shadow-Sotc OST)

Após algum tempo caminhando,virando para a direita e para edquerda algo bateu no pé do ceifador,ele olhou para baixo e deparou-se com o que parecia ser o corpo de um soldado usando uma armadura completa de ouro.Ele estava deitado no chão com um dos braços esticados,um objeto longo estava no chão ao lado de uma lança antiga que estava desgastada com o tempo.O ceifador pegou o objeto no chão e disse surpreso:

D.Yuri:Uma lanterna à pilha?Faz tempo que não vejo uma dessas...

O ceifador apertou o botão e por sorte a luz acendeu,iluminando a escuridão e ofuscando a visão de D.Yuri que estava acostumado com a escuridão.Ele apontou a luz para o soldado e o observou melhor,parecia que algo o tinha atingido vindo da direção que o ceifador,o que fez D.Yuri virar repentinamente e iluminar o caminho por esteve seguindo,ficou aliviado em não ver nada de anormal.Voltando sua atenção ao soldado ele abaixou-se,colocou a foice no chão e depois removeu o capacete para ver se era algum conhecido.Surpreendentemente não havia corpo,apenas a armadura.

D.Yuri:Nada?O que está acontecendo aqui?

D.Yuri pegou a foice e levantou-se,iluminando o caminho a frente ele continua sua caminhada enquanto pensava no que podia ter causado a morte do soldado,que aparentemente era só capacete e metal.Alguns minutos depois ele pensou ter ouvido algum ruído,parou e então tentou ouvir melhor enquanto preparava-se para algum inimigo.Parecia o som de alguma coisa estalando,algo familiar...algo terrível que ele já tinha visto...O som foi mudando,tornando-se mais profundo e parecendo um  coaxar de sapo.Logo o ceifador percebeu o que se tratava e entrou em pânico.

D.Yuri:Não!-ele murmurou para si mesmo-não,não,não isso não pode estar ocorrendo!
(Fim da música)

D.Yuri começou a correr enquanto ouvia o som se aproximar.Ele virou-se enquanto corria e iluminou o caminho atrás dele,mesmo não vendo nada ele continuou a correr.O som foi aumentando enquanto seu coração batia mais rápido. Quando o som estava quase insuportável o labirinto chegou ao fim,dando lugar a um lugar aberto onde podia-se ver o céu aberto.D.Yuri virou-se preparado enquanto iluminava a passagem por onde tinha vindo mas o som tinha parado e não havia nada além das paredes.O ceifador respirou fundo,controlou-se e então desligou a lanterna.

D.Yuri:...Melhor eu continuar...melhor NÃO voltar a passar por aqui...Se for o que eu estou pensando...-o ceifador disse pausadamente enquanto observava a passagem tenso.

D.Yuri se virou e analisou os arredores.Na frente havia um campo aberto e barrento,mais na esquerda havia algumas montanhas meio destruídas,à direita havia mais montanhas e à Oeste a alguns metros uma névoa vermelha impedia a visão do ceifador.A Lua cheia brilhava no meio do céu mas não deixava o lugar menos sombrio.Apesar de todos esses aspectos,havia algo de familiar no cenário.

D.Yuri:O que será que tem depois dessa névoa?Coisa boa provavelmente não é...mas algo me diz para ir para lá...

D.Yuri entrou na névoa e logo desapareceu.Acendeu a lanterna novamente para tentar enxergar alguma coisa mas não melhorou nada.

D.Yuri:Melhor eu economizar na pilha...sei que isso é algo vai me ajudar muito de agora em diante...-o ceifador disse apagando a lanterna.

Assim que apagou a lanterna,o ceifador ouviu alguns murmúrios distantes.

D.Yuri:Quem está ai?!-o ceifador gritou colocando a mão no cabo da foice.

Um grande estrondo ecoou,era como se um prédio inteiro tinha sido demolido com uma grande explosão e logo em seguida gritos de guerra começaram a surgir.O ceifador pensou que fosse uma ilusão,pois já tinha lido sobre névoas amaldiçoadas onde ilusões atormentam as pessoas.A névoa se tornou um pouco menos densa e D.Yuri avistou um grupo de cinco guerreiros correndo em sua direção,suas armaduras variavam de formato e cor,cada um segurava ou uma lança ou espada e pareciam bem sólidos para serem ilusões.Mesmo que sua cabeça dizendo que eram só ilusões,o ceifador pegou sua foice e defendeu o primeiro golpe de espada,que fez contato com a lâmina.

D.Yuri:Quem são vocês?!-o ceifador perguntou enquanto empurrava a espada do primeiro adversário e girando para escapar de uma lança.

Guerreiro 1:Não deixem o inimigo chegar até nosso general!Andem acabem logo com isso!-um dos guerreiros que usava uma armadura avermelhada disse enquanto levantava a espada para acertar o ceifador.

D.Yuri:General?Quem?Eu não vou atacar nenhum general!Agora parem de tentar me matar seus idiotas!-D.Yuri defendeu o golpe.

Os guerreiros não ouviram o ceifador e continuaram atacando.Irritado D.Yuri abaixou para escapar de um golpe e cortou um deles ao meio com sua foice fazendo com que ele virasse fumaça vermelha.

D.Yuri:O que?!Uma ilusão?

Os outros soldados deram alguns passos para trás e observaram o ceifador com cautela.D.Yuri ergueu-se lentamente e encarou os soldados restantes,avaliando se devia ou não ataca-los ou esperar que a ilusão acabasse.Quando deu um passo para frente os soldados recuaram lentamente e depois viraram para correr para o outro lado e desaparecendo de vista.

Soldado 1:Fujam!

Soldado 2:Não olhem para trás!Não olhem!

D.Yuri ficou confuso.Uma forma alta e esguia começou a se erguer atrás do ceifador,que percebeu a sombra de alguém se erguendo do chão.

D.Yuri:Não me diga que...-o ceifador disse se preparando para virar e encarar o que estava atrás dele.

Mas não encontrou nada além da névoa.D.Yuri suspirou aliviado,ele supôs que era um efeito da névoa,já que ela foi capaz inimigos que podiam ser tocados,ao invés daqueles que simplesmente evaporavam quando estavam bem perto no qual estava acostumado a ler.D.Yuri continuou a caminhar e  depois de apenas alguns metros começou a ouvir uma voz murmurando alguma coisa,ele olhou ao redor e perguntou quem era mas não obteve resposta.Tentou distinguir de onde vinha o som mas parecia vir de todo o lugar.

???Você...

D.Yuri segurou ainda mais firme sua foice enquanto continuava a andar,olhando sempre ao redor para se certificar de que não havia ninguém o seguindo.Finalmente a névoa chegou ao fim,a luz da Lua deixava tudo melhor,mas ainda não era o ideal.Dois morros grandes estavam na frente do ceifador,com uma passagem larga entre eles.O chão continuava barrenta e mais planícies se estendiam pelos lados.A única coisa que chamou a atenção do ceifador foi uma enorme construção a algumas centenas de metros de distância depois do morro,ele logo reconheceu onde estava.

D.Yuri:Estou nas Forbidden Lands?!

Não havia dúvida,aquele definitivamente era o Shrine of Worship,o lugar onde passou vários meses interagindo com seus amigos.Mas parecia tudo relativamente diferente,como Denise havia dito.Mas se este era o lugar onde Icon sonhava tanto,não deveria ser como na realidade?

D.Yuri:``Aqueles soldados mencionaram um general...provavelmente é o Icon.Agora que sei onde estou,ou pelo menos mais ou menos onde estou,já que aqui é meio diferente...cadê o Icon?´´-o ceifador pensou.

D.Yuri caminhou entre os morros,ele sabia que se ainda existisse alguém naquele lugar,era provável que passasse ou ficasse no templo.Na borda de névoa uma figura humanoide surgiu para segundos depois desaparecer.

6 comentários:

Cavaleiro Wander disse...

Fatos:Icon é uma pessoa que adora ``batalhas épicas´´,portanto em sua imaginação é bem possível que ele tenha seu próprio exército.

A ideia da neblina eu peguei de vários filmes/desenhos e etc onde o personagem vê ilusões,estas sendo reais.A cor vermelha é porque em um jogo de terror(Amnesia),o personagem é seguido por uma névoa vermelha que pode mata-lo instantaneamente.

O resto eu não explicarei porque mataria o suspense.

Cavaleiro Wander disse...

Não esqueçam de votar na enquete

D.YURY disse...

"Por precauções pegou sua foice e a segurou com a mão DIREITA"


"si.nis.tro,
que usa preferencialmente a mão esquerda"

Coloca na mão esquerda!

o/

Cavaleiro Wander disse...

Em que parte está?

Cavaleiro Wander disse...

Já corrigi.

Hexdrel disse...

Capítulo foda,megusta muito realidades alternativas

O que acha que aconteceu com o Icon?

Visitas ao templo