Use a Ancient Sword

sábado, 15 de fevereiro de 2014

The end...

Depois de tentar ``reviver´´ a história sotc terra de confusões:ceifador cinza várias vezes percebi que não tinha mais inspiração para termina-la.Por isso,declaro a fanfiction cancelada,no entanto,manterei esse blog pois a primeira história está acabada e parece que os membros do blog gostaram.

Como escritor e leitor,sei como é a sensação de ver uma história inacabada ou cancelada,por isso estou fazendo este aviso.Também deixo aqui um poema com as ideias que planejei para o resto da história:

Escuridão e luz

O avatar da morte guia,
pela passagem escura
Para um lugar que nem imagina,
com seus colegas sem ternura.

Gritam,rugem,pedem justiça,
ao ser que os exterminou.
Morreram sem sequer uma missa,
enquanto o guerreiro reinou.

A luz é alcançada,
na porta da casa,na mente.
Amarrada e cansada,
pelo fato que ele não entende.

Mas o espelho está lá,
e ela indica para vir para cá.
Para ver e se desesperar.
Pois o que vê não pode acreditar.

Vê si próprio,
não entende direito este "negócio´´.
Tão horrendo,tão nojento,
com chifres e ódio.

E ela,alí,guardando a porta,
a alma o coração.
Sua cadela também um guardião,
para evitar a corrupção.

Esclarecimento afim,
remorso sem fim.
Num ato justo,
liberta-a e escapa.

Luz,orgulho,
tão entrelaçados.
O dragão é algo inesperado.
E transforma-se no meio do tumulto.

Morte,sangue,amor e coragem.
Todos unidos pela amizade.
Não mais criando calamidade,
agora só falta destruir a imagem.

Dragão escuro,
alado e perspicaz.
Destruidor de almas e homens,
sua chama veneno e ódio.

Mas no fim,
tudo morre.
Porque esta é a verdade para mim,
e é uma coisa que ninguém escolhe.

A escuridão acaba,
dissipa-se no luar.
A morte retorna,
de volta para seu lugar.

Amor derramou sangue
e sangue derrubou amor.
Mas no fim para ela era o mesmo,
pois o vermelho é sua cor.

Não mais contida,
não mais escondida.
Equilíbrio alcançado,
sua morte inevitável.

No fim,tudo volta
a alma é livre para voar.
Luz e sombra imploraram por um pedido,
e daí surgiu uma  nova pomba.

A pomba é livre,
vermelha como sangue.
Vermelha como amor.
 Um leva ao outro,
dependendo da situação.

Mas uma pomba não é só ave,
é também alma.
Como suas irmãs,
se expressa de forma diferente.
Assim como cada um de nós.

Pássaros com dois donos para cuidar.
Caso o tirano tente atacar,
sangue irá voltar.

PS:O tirano é o Nemesis,na história os espíritos podem assumir forma de pomba(as filhas de Mono),por isso Denise criticou o ``tyrant´´ por ter comido uma pomba(que poderia ter sido uma delas).

PS2:Nem pensem no que eu acho que vocês vão pensar,god dam it.

Talvez eu não escreva mais nesse blog,mas como disse antes,vou deixa-lo aberto.

5 comentários:

Hexdrel disse...

É sempre melhor parar um blog no tempo do que apagar ele

Sucesso com histórias futuras,com seus versos em universos diversos e perversos

Thales disse...

Oi

João Pedro Kaczorowski de Souza disse...

Por anos acompanhei seu blog, esse é meu primeiro comentário, foi um imenso prazer te seguir, lembro da primeira vez que topei com seu blog, nossa eu amei! Ficava super ansioso para ver seus novos posts, Shadow of The Colossus é sem dúvida meu jogo favorito. Eu não queria que acabasse assim, mas temos que aprender a se desapegar das cois...









Pera aí...















The Last Guardian... Existe!!!!!!

Black Stone disse...

Será msm que não tem nenhuma fic de sotc que não seja inacabada ou excluída? ¬¬

Black Stone disse...

...

O que acha que aconteceu com o Icon?

Visitas ao templo